Departamento Contábil

Responsável por todo o processamento contábil, o departamento integra, registra e analisa as informações, compilando a documentação e fiscalizando o bom andamento das áreas correlatas. Os profissionais do GRUPO CENTRAL SOLUÇÕES elaboram os demonstrativos, declarações e o cumprimento das obrigações fiscais e acessórias dos clientes, com a finalidade de garantir a segurança administrativa, financeira e organizacional, de acordo com as normas estabelecidas pelo Conselho Federal de Contabilidade e legislação fiscal pertinente.

A contabilidade mostra a disponibilidade financeira, os créditos, investimentos, os bens que a empresa possui e também as obrigações já contraídas com fornecedores, fisco (impostos), instituições financeiras (empréstimos, leasing, BNDS, Proger, etc.) e o passivo que a empresa tem com os sócios (patrimônio líquido), o qual demonstra o capital investido pelos sócios e suas reservas de lucro e outras.

A prestação de serviços contábeis percorre a escrituração manual, a análise dos documentos, a finalização dos demonstrativos, a emissão de balancetes e balanços, e, ainda, a análise dos índices que possibilitarão à empresa a tomada de decisões.

A assessoria contábil oferece os seguintes serviços:

  • Escrituração e análises periódicas dos saldos contábeis;
  • Conciliação entre as informações do departamento contábil, fiscal e pessoal;
  • Conciliação Bancária;
  • Escrituração de livros contábeis, tais como: Livro Diário, Razão, Inventário, Livro Caixa;
  • Composição analítica dos saldos das contas de ativo e passivo, controle escritural do ativo imobilizado;
  • Elaboração de Demonstrativos financeiros, tais como: balancetes ou balanços mensais, semestrais e anuais de acordo com as normas contábeis e Legislação Fiscal e vigente;
  • Demonstração dos lucros ou prejuízos acumulados;
  • Relatório Gerencial extraído da Contabilidade, conforme necessidade;
  • Escrituração de SPED Contábil – Sistema Público de Escrituração Digital;
  • Projetos de viabilidade econômica.

Perguntas frequentes

Confira as perguntas frequentes sobre a área Contábil:

Qual documentação inicial é indispensável para o início das atividades no departamento contábil?

Primeiramente, nos casos onde a empresa vier transferida de outra contabilidade, é necessário o envio do balancete referente ao último fechamento realizado para a devida apropriação dos saldos. Feita a implantação, e nos casos de empresas recém-constituídas, adotamos como padrão o envio da documentação:

  • 1. Extrato bancário consolidado (conta corrente e conta-investimentos);
  • 2. Movimento de caixa;
  • 3. Controle de contas a pagar e a receber;
  • 4. Notas fiscais de entradas, saídas e serviços;
  • 5. Contratos de empréstimos;
  • 6. Registro de Inventário;
  • 7. Registro de Imobilizado (Listagem de bens físicos).

*Ressaltamos que a documentação supracitada é genérica, podendo ser necessário o envio de outros documentos, de acordo com a especificidade do cliente.

Os pagamentos da empresa em conta corrente do sócio ou de terceiros também entram na contabilidade, ou somente as que forem pagas através de conta em nome da empresa?

Em respeito ao princípio da entidade, a contabilidade não deve confundir o patrimônio das pessoas físicas e jurídicas em suas demonstrações. Em decorrência deste entendimento, nos casos em que pagamentos de obrigações da pessoa jurídica forem realizados por sócios ou terceiros, a contabilidade irá proceder a baixa da dívida, entretanto, gerando uma nova obrigação com o responsável pelo seu pagamento.

Quais documentos devem ser enviados à contabilidade no momento da aquisição de bens móveis e imóveis?

Para os bens móveis é necessário o envio da nota fiscal, acompanhada dos comprovantes de pagamento. Já no caso dos bens imóveis, é necessário o envio do registro do imóvel, acompanhado do contrato de compra e venda. Lembrando que, em ambos os casos, na hipótese de pagamento realizado por meio de financiamento ou empréstimo bancário, é indispensável o envio desse contrato.

Na venda de um bem imobilizado existe incidência de algum imposto?

De acordo com o valor da venda poderá haver tributação exclusiva sobre o ganho de capital, que deverá ser apurado mediante a incidência da alíquota de 15% (quinze porcento) sobre a diferença positiva entre o valor da alienação e o custo de aquisição do bem diminuído, quando for o caso, da depreciação acumulada.

O GRUPO CENTRAL SOLUÇÕES está disponível para atender todas as dúvidas em seus canais de atendimento.

Entre em contato!